Queixa na FAF: Kabuscorp do Palanca não paga a cinco ex-treinadores

Novo JornalPublicado 07/11/2016 10:17:00

Cinco antigos treinadores do Kabuscorp do Palanca apresentaram queixa à Federação Angolana de Futebol (FAF) contra o clube de Bento Kangamba por dívidas salariais, levando o Conselho de Disciplina da FAF a proibir a equipa de usar técnicos em zonas de jogo.

Foto: DR

João Cláudio de Almeida Gomes, mais conhecido por Miller Gomes, Mateus Agostinho, popularizado como Bodunha, Luís da Cruz, Adilson Gomes e Zoran Macki, todos ex-treinadores do Kabuscorp, reclamam o pagamento de salários ao clube do Palanca.

A queixa, submetida à FAF, levou o Conselho de Disciplina da federação a proibir a utilização de técnicos em zonas de jogo.

A decisão obrigou o treinador do Kabuscorp, Romeu Filemon, a orientar a equipa a partir dos camarotes nas duas últimas jornadas do Girabola, encerradas com duas derrotas dos palanquinos. Primeiro diante da Académica do Lobito (por 2-1) e depois contra o Progresso da Lunda-Sul (por 2-0).

A formação de Bentos Kangamba terminou o campeonato na 4.ª posição.

Primeira Página