Quem foi o melhor Presidente africano de 2016? Site pan-africano coloca José Eduardo dos Santos na corrida

Novo JornalPublicado 26/12/2016 13:49:00

O Africa Top Success, promovido como o primeiro site de informações pan-africano especializado em iniciativas africanas bem-sucedidas, lançou uma votação online para eleição do melhor Presidente africano do ano. A escolha, reduzida a cinco candidatos, inclui o Chefe de Estado angolano José Eduardo dos Santos.

Foto: Africa Top Success

"Votem no Chefe de Estado africano do ano". Com este apelo, o site Africa Top Success desafia os internautas a elegerem o Presidente da República africano que mais se destacou ao longo de 2016, consideradas três áreas de actuação: a democracia, o pan-africanismo e o desenvolvimento.

Além de José Eduardo dos Santos, a lista de candidatos inclui Patrice Talon, do Benim, Faure Gnassingbé, do Togo, Uhuru Kenyata do Quénia e Yahya Jammeh da Gâmbia.

No caso do líder angolano, o Africa Top Success sublinha que o anúncio da retirada da vida política, em 2018, é, não apenas uma boa notícia, mas um "avanço a saudar e a encorajar noutros países africanos, onde a alternância política permanece como uma batalha a ganhar".

Já o líder queniano é destacado pela "liberdade de pensamento" nomeadamente em relação ao Ocidente, enquanto o Presidente togolês é reconhecido pela organização da Cimeira da União Africana sobre a Segurança Marítima.

Patrice Talon surge na lista como "Presidente da ruptura", por ter assumido o compromisso de governar apenas durante um mandato de cinco anos. Por fim, o líder gambiano, que perdeu recentemente as eleições após 22 anos no poder, é apontado pela saída do Tribunal Penal Internacional e por contestar de forma legal - e não pela força - os resultados das últimas presidenciais (mesmo depois de ter começado por aceitar a derrota).

Primeira Página