Mais de 200 vítimas de violência doméstica e sexual durante semana do Natal em Moçambique

LusaPublicado 28/12/2016 13:48:00

Segundo a directora-adjunta de Assistência Médica, Elina Macamo Amado, as unidades de Saúde moçambicanas registaram um aumento de 44% de casos de violação sexual e 16% de violência doméstica, comparando com igual período do ano passado.


"No ano passado registámos, neste período, 55 casos e neste ano temos 79 pessoas que se queixaram de terem sido violadas sexualmente. Em relação à violência doméstica, registámos 116 casos em 2015 e 136 neste ano", avançou Elina Macamo Amado.

A directora-adjunta de Assistência Médica lamentou o facto de existirem crianças entre as vítimas de violação sexual.

"Exortamos aos responsáveis pelas crianças para que, nesta época em especial, tenham maior controlo", declarou Elina Macamo, que lembra que o trauma que resulta de casos de violação sexual tem consequências graves.

O número de vítimas que entraram nos hospitais em resultado de acidentes de viação, de acordo com directora-adjunta de Assistência Médica, foi de 1.019 contra 1.164 em 2015, no mesmo período do ano passado, o que representa uma redução de 12 por cento.

Primeira Página