Holandeses ganham contrato de 400 milhões USD para construir Marginal da Corimba com empresa de Isabel dos Santos

Novo JornalPublicado 12/01/2017 10:57:00

A empresa holandesa Van Oord garantiu um contrato de 400 milhões de dólares para projectar e construir a Marginal da Corimba, em Luanda, obra que será concretizada através de um consórcio com a Urbinveste - Promoção e Projectos Imobiliários SA, companhia detida por Isabel dos Santos.

Foto: Van Oord

A companhia holandesa Van Oord, especializada em dragagens, engenharia marítima e projectos offshore, assinou um contrato de 400 milhões de dólares com o Gabinete Técnico de Gestão da Requalificação e Desenvolvimento Urbano do Perímetro Costeiro da Cidade de Luanda, Futungo de Belas e Mussulo para reabilitar a Marginal da Corimba.

A execução do projecto conta com um acordo para financiamento do ING Bank NV, da Holanda, e uma garantia de crédito da Atradius Dutch State Business NV - a agência holandesa para crédito às exportações.

Segundo um comunicado da Van Oord, que vai desenvolver a empreitada através de um consórcio com a Urbinveste - Promoção e Projectos Imobiliários SA, companhia detida por Isabel dos Santos, o projecto prevê uma intervenção numa área de 400 hectares e vai incluir, para além de uma auto-estrada, um porto de pesca, uma marina e desenvolvimento imobiliário.

Tudo isto num prazo dois anos e meio, tendo em conta que a conclusão dos trabalhos está prevista para meados de 2019.

Primeira Página