Ministro da Defesa em Espanha para reforçar cooperação militar

Novo JornalPublicado 13/03/2017 9:31:00

O ministro da Defesa está a partir de hoje em Espanha para uma visita de três dias que tem como objectivo reforçar a cooperação entre os dois países nos domínios da segurança e das Forças Armadas.

Foto: Quintiliano dos Santos

João Lourenço, também candidato do MPLA à Presidência da República nas eleições gerais de Agosto, tem, segundo a sua agenda oficial, encontro marcado com a sua homóloga espanhola, Maria Dolores de Cospedal, podendo ainda reunir com o presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy.

A comitiva liderada por João Lourenço é ainda composta por chefias militares, que vão manter encontros com as correspondentes chefias militares espanholas, embora não tenham sido avançados quaisquer elementos sobre o que vai estar no centro da mesa das conversações entre Lourenço e Cospedal bem como entre as chefias militares dos dois países.

Os últimos anos foram de uma significativa aproximação entre Madrid e Luanda em vários domínios, mas o destaque vai para a cooperação na área da Defesa.

Isso mesmo lembrou há poucos anos a embaixadora espanhola em Angola, Júlia Romero, que considerou mesmo que o seu país olha para Angola de uma forma "especial e prioritária" em todas as áreas de cooperação, destacando claramente o sector da Defesa e da segurança.

Recorde-se que ainda há menos de três semanas o ministro da Economia, Archer Mangueira, esteve em Espanha onde, num encontro com dezenas de empresários daquele país ibérico, pediu ajuda para o processo de diversificação económica em curso em Angola, essencialmente para encontrar alternativas ao petróleo como motor do seu desenvolvimento.

E em Janeiro último, o director de Intercâmbio e Cooperação do Ministério do Interior de Angola, José Dembi, recebeu a Ordem do Mérito Civil de Espanha, condecoração atribuída a quem se destaca, estrangeiros ou nacionais, na prestação de serviços ao Reino de Espanha.

Filipe VI de Espanha atribuiu esta condecoração em Junho de 2016 e foi entregue, em Janeiro, em Luanda pela embaixadora de Espanha, Júlia Romero.

Primeira Página