Garimpeiro artesanal descobre diamante gigante na Serra Leoa

Novo JornalPublicado 19/03/2017 11:01:00

Um garimpeiro artesanal descobriu um diamante de grandes dimensões, com 706 quilates, o 13º maior diamante do mundo, numa exploração aluvial na região de Kono, na Serra Leoa.

Pastor Emmanuel A. Momoh, desenterrou o diamante e, ao contrário do que é hábito, não o fez sair ilegalmente do país, divulgou oficialmente a sua descoberta e esta foi, por isso, apresentada ao Presidente do país, Ernest Koroma, tendo recebido um elogio público pelo acto.

Ernest Koroma manifestou o seu apreço pelo facto de a "pedra" não ter sido contrabandeada para fora do país, permitindo assim proceder à sua venda na Serra Leoa, o que resulta em benefícios para o Estado, sendo, ao mesmo tempo, garantido que o mineiro recebe o preço justo pelo seu achado.

"Desta forma, claramente entregar-se-á aos proprietários do diamante o que é justo pela sua venda e o pais beneficiara no seu todo deste achado", notou o Presidente Koroma, ao mesmo tempo que se comprometia com uma venda transparente da gema em bruto e pela oferta mais generosa.

Primeira Página