Gana: Queda de árvore mata dezenas de pessoas, na maioria estudantes, nas cataratas de Kintampo

Novo JornalPublicado 20/03/2017 11:48:00

Dezenas de pessoas, na sua maioria jovens estudantes, morreram devido à queda de uma árvore de grandes dimensões sobre uma área das cataratas de Kintampo, no Gana, onde nadavam.

As autoridades ganesas, citadas pela imprensa do país, admitem que o número de mortos, em consequência desta situação, que ocorreu no Domingo, pode ainda aumentar, tendo confirmado 18 mortos e cerca de 30 feridos.

As equipas de socorro deslocadas para a zona continuam as buscas no rio Pumpum, na região de Brong Ahafo, a cerca de 400 quilómetros da capital do Gana, Acr, para procurar corpos e eventuais sobreviventes.

O acidente ocorreu quando os jovens nadavam nas cataratas de Kintampo, localizadas no centro do Gana, um local conhecido e popular entre a população do país, especialmente nos fins-de-semana, tendo as árvores, especialmente uma de grandes dimensões, tombado devido a uma tempestade que se abateu na região.

A maioria dos jovens mortos e feridos integravam uma excursão organizada por uma universidade e um instituto superior.

Primeira Página