PCA do BPC lidera missão europeia para resgatar ligações com bancos correspondentes e acesso a divisas

Novo Jornal OnlinePublicado 16/06/2017 12:37:00

O presidente do conselho de administração do Banco de Poupança e Crédito (BPC), Ricardo Viegas d'Abreu, está desde o início desta semana e até ao próximo dia 19 de Junho em missão europeia para recuperar relações com bancos correspondentes, fundamentais para o acesso do país a divisas.

Foto: Lídia Onde

Alemanha, Espanha, França e Portugal são os quatro países incluídos na missão europeia do BPC que, desde a passada segunda-feira, 12, está a ser liderada pelo PCA da instituição, Ricardo Viegas d'Abreu.

Segundo informação do BPC, enviada à agência Lusa, o périplo pelo Velho Continente estende-se até à próxima segunda-feira, 19 de Junho, com o objectivo de "retomar a curto prazo as relações institucionais com os bancos correspondentes", fulcral para o país recuperar o acesso a divisas.

"Queremos demonstrar aos responsáveis financeiros e empresariais alemães, franceses, espanhóis e portugueses, com quem vamos reunir, que o BPC está focado na eficácia comercial e na eficiência operativa do negócio e nos resultados daqui resultantes", explica Ricardo Viegas d'Abreu.

A "operação de charme" surge numa altura em que o BPC, o maior banco do país e totalmente detido pelo Estado, está em processo de reestruturação, apresentando um volume de crédito malparado superior a 1,2 mil milhões de euros.

Primeira Página