Três Presidentes? Graças a Deus...

Gustavo CostaPublicado 01/07/2017 12:35:00

"Vão-se os anéis
ficam os dedos"!

Os anéis, cotados na bolsa do Sambizanga, foram vendidos em hasta indígena com o mesmo espírito de malvadez com que, hoje, os dedos começam a ser trucidados pelos novos senhores do trono.

Com evidentes sinais de calcinação, na retaguarda, sob magistral inspiração de alfaiates poliglotas, foi elaborada à medida, uma Couraça Constitucional cuja procura mundial os seus promotores garantem vir a bater, nesta matéria, todos os recordes do Guiness.
A montra da alfaiataria foi exposta em subterrâneo território para servir de manjedoura de oligarcas em saldo, que não se conformam e, em idade da reforma, concorrem agora com os clientes dos infantários.

(Leia a crónica de Gustavo Costa na íntegra na edição semanal do Novo Jornal, nas bancas, ou através de assinatura digital, disponível aqui http://leitor.novavaga.co.ao e pagável no Multicaixa)

Primeira Página