TCUL reforça frota em Luanda com 240 autocarros

Novo Jornal OnlinePublicado 13/07/2017 16:56:00

A empresa de Transportes Colectivos Urbanos de Luanda (TCUL) conta, a partir de hoje, com mais 240 novos autocarros para reforçar o serviço de transporte público.

De acordo com o ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, os veículos entregues à TCUL deverão complementar a frota operacional já existente nas carreiras que possuem maior representatividade e demanda de passageiros.

"Segundo o estudo realizado, Luanda precisa de 2 000 autocarros urbanos, mas neste momento existem apenas 240 meios de transporte colectivo. Hoje recebe mais 240, o que totaliza 480 autocarros", explicou o governante.

Augusto Tomás disse ainda que os pormenores técnicos destes autocarros foram concebidos tendo em conta a realidade angolana: "Eles foram reforçados com meios e equipamentos facilmente conhecidos pelos nossos mecânicos", afirmou, garantindo que os mesmos não possuem motores de fabrico chinês.

Por sua vez, o Governador de Luanda, Higino Carneiro, deu orientações à administração da TCUL para pôr em circulação os autocarros nas primeiras horas desta sexta-feira. "Estou convencido de que as recomendações serão acatadas de maneira a que possamos cuidar deste património e fazer com que estes autocarros sirvam a população", frisou.

Já o presidente do Conselho de Administração da TCUL, Freitas Neto, acredita que "com estes autocarros vai verificar-se o aumento das receitas e a diminuição dos custos operacionais da empresa".

Freitas Neto garantiu que para a linha urbana entram em funcionamento 145 autocarros, para o serviço urbano local 40 mini- autocarros, para o serviço de aluguer 30 mini-autocarros e para o serviço inter-provincial 25 mini-autocarros, o que totaliza 240 autocarros.

Com a entrada em funcionamento dos 240 novos veículos, a TCUL prevê transportar cerca de 192 mil passageiros por dia.

Primeira Página