Vêm aí lojas para venda de armas de defesa pessoal, tuteladas pela Segurança Nacional

António PauloPublicado 14/07/2017 13:29:00

O país poderá contar nos próximos tempos com lojas de vendas de armas para uso de defesa pessoal. As lojas serão tuteladas por organismos do Ministério do Interior e da própria Segurança Nacional.

Foto: DR

"A medida visa responder à demanda das solicitações feitas, diariamente, à Polícia Nacional por populares que sentem a necessidade de aquisição de um revólver como meio de segurança pessoal", revelou ao Novo Jornal o 2º comandante-geral da Polícia Nacional, comissário-chefe Paulo de Almeida.

"O processo já está em curso. Há já uma legislação para a criação destas empresas. Está a ser feito um estudo, mas já estão identificados os organismos que em princípio deverão ter a tutela deste comércio", adiantou o também coordenador da subcomissão técnica para o desarmamento da população.

(Leia o dossier sobre Armas de Fogo na íntegra na edição semanal do Novo Jornal, nas bancas, ou através de assinatura digital, disponível em http://leitor.novavaga.co.ao e pagável no Multicaixa)

Primeira Página