A ex-administradora executiva da Bolsa de Dívida e Valores de Angola (BODIVA) substitui Maria da Conceição Uini Baptista, exonerada pelo Chefe de Estado, que, num decreto anterior ao das nomeações, exonerou, para além de Maria da Conceição Uini Baptista, António José da Silva e Edna Augusta dos Santos Nunda Barbosa de Mascarenhas e Nádia Kelly Pinheiro Graça Pinto dos cargos de administradores executivos da CMC.

O Presidente da República nomeou, para o mesmo conselho de administração, quatro administradores executivos: Sydney Júlio Pereira Teixeira, Ludmila Isménia Cardoso dos Santos Dange, Edna Augusta dos Santos Nunda Barbosa de Mascarenhas e Nádia Kelly Pinheiro Graça Pinto.

Joião Lourenço exonerou igualmente Valentina de Sousa Matias Filipe da função de administradora executiva do Fundo Soberano de Angola, nomeando Rui Jorge Van-Dunem Alves de Ceita para o cargo.