Filipe Mukenga, hoje, no palco "Ngola" do Palácio de Ferro

Publicado 12/05/2017 14:45:00

O músico e compositor está de regresso ao palco da III Trienal de Luanda, desta feita para um concerto-homenagem. O espectáculo é hoje, às 21h00, no palco "Ngola" do Palácio de Ferro.

Filipe Mukenga estará acompanhado pelos músicos Nino Jazz, na direcção musical e teclado, Pedro Aguilar, na guitarra baixo, Mário Gomes, na guitarra solo, Ivan Campillo, na bateria, e Dalu Roger, na percussão.

O concerto faz parte dos tributos a artistas nacionais que a Trienal de Luanda tem vindo a desenvolver. Marito dos Kiezos, Zé Keno dos Jovens do Prenda, Xabanu (2016), Matadidi, Joãozinho Morgado, Boto Trindade e Mestre Kituxi são alguns dos artistas homenageados já este ano.


Temas como "Angola no coração", "Minha terra, terra minha", também conhecida como "Filho de Cabinda", "Blues pa Nguxi", "Kianda ki anda" e "Ndilokewa" são alguns dos que constituem o vasto reportório de Filipe Mujenga, nome artístico de Francisco Filipe da Conceição Gumbe, o que justifica o título do álbum de estúdio "Meu lado Gumbe".

O artista nasceu a 7 de Setembro de 1949. Pisou o palco pela primeira vez no programa "Chá das Seis"", com apenas 14 anos, interpretando um tema de Charles Aznavour. Começou a tocar por influência dos Beatles. O artista tem publicados os discos "Novo som", em 1990, "Kianda ki anda", em 1994, "Mimbu iami", em 2003, "Nós somos nós", em 2009, e "Meu lado Gumbe", em 2013.


A III Trienal de Luanda teve início no dia 1 de Novembro de 2015 e vai até finais de Agosto deste ano, sob o lema "Da utopia à realidade".

Primeira Página