Inflacção em Maio com menor subida mensal no último ano

Novo Jornal OnlinePublicado 17/06/2017 11:08:00

A taxa de inflacção em Angola registou, em Maio, o valor mais baixo no último ano, o quinto mês consecutivo de descidas, com o acumulado a 12 meses a baixar para 32,58%, de acordo com o relatório mensal do Instituto Nacional de Estatística (INE)

De acordo com o documento sobre o comportamento da inflacção, os preços subiram de Abril para Maio 1,60%, quando no mês anterior a subida foi de 1,80%, em Março de 1,91% e em Fevereiro de 2,30%.

O pico da inflacção mensal em Angola neste período registou-se em Julho de 2016, quando, no espaço de um mês, segundo o INE, os preços registaram um aumento médio de 4%.

Entre Janeiro e Dezembro de 2016 (12 meses) os preços em Angola subiram praticamente 42%, segundo os relatórios anteriores do INE com o Índice de Preços no Consumidor Nacional.

Nos últimos 12 meses, até Maio, a inflacção acumulada desceu dos anteriores 34,80% (até Abril) para 32,58%.

A subida de preços em Maio foi influenciada sobretudo pelos sectores " Mobiliário, Equipamento Doméstico e Manutenção ", com 3,41%, "Transportes", com 3,22%, "Saúde", com 2,98%, e "Bens e Serviços Diversos", com 2,81% de aumento face a Abril.

O valor da inflacção a um ano está ainda muito acima da previsão de 15,8% para o período entre Janeiro e Dezembro que o Governo inscreveu no Orçamento Geral do Estado de 2017.

Primeira Página