Nok Nogueira

Os "inimigos" de Angola e a aversão à palavra 

Uma das principais críticas assacadas ao poder executivo em Angola, ao longo desses já largos anos que se seguiram à instalação do multipartidarismo no país, é de que ele convive mal com a crítica, ou seja, demonstra alguma aversão à palavra (alheia), principalmente quando não detém o controlo dela. Daí encontrar um certo conformismo no silêncio - só e apenas quando lhe convém - como forma de fazer face a informações que são postas a circular com conteúdos contrários àquilo que quer ver publicado. Só quando esta palavra ou informação coloca em causa os superiores interesses de algum órgão de soberania é que o poder executivo reage.

Opinião

No rescaldo das eleições de 2012 escrevi algo que me parece continuar a ter toda a pertinência. O MPLA devia reflectir com abertura e seriedade sobre os resultados dessas eleições para perceber, apesar da expressiva vitória, porque tinha perdido uma quantidade significativa de votos, canalizados para a abstenção ou para os considerados votos em branco.


Opinião

A baleia azul é sobejamente conhecida por ser um dos maiores animais que já existiram na face da terra. Este mamífero, que se encontra em perigo de extinção devido à caça promovida por baleeiros em todo mundo, pode atingir um peso de 180 toneladas e a sua língua pesa o mesmo que um elefante.





Opinião

A abertura antecipada da pré-campanha representou, todos percebemos naquela altura, um desafio à criatividade e ao nível de combatividade dos partidos da oposição, sobretudo à UNITA. Uma campanha tão longa exigiria dos partidos políticos capacidade de realização. Iniciativas e uma estratégia muito bem definida, que fosse capaz de encurralar o MPLA nos seus próprios problemas de gestão. Aliás, o mote da campanha do MPLA "Corrigir o que está mal e melhorar o que está bem" é revelador daquilo que qualquer analista básico esperaria que fosse a linha discursiva da pré-campanha e campanha.


Opinião

Peço desculpa por surripiar uma imagem que tendo sido atribuída a fabulosa peça de teatro Hamlet, faz parte do espólio de um dos maiores poetas e dramaturgos da humanidade: William Shakespeare. Por mais que nos doa, Shakespeare tinha razão.


Opinião

A política americana interessa a muita gente no mundo, não só pelo facto dos Estados Unidos serem a maior potência no mundo, mas porque os seus políticos actuam num palco mundial. O mundo é a audiência deste grande espectáculo que é a política americana.



Opinião

Todos os anos há angolanos com ideias inovadoras que participam nas feiras locais do inventor e criador, evento este que serve de trampolim para a nossa participação na Feira Internacional de Ideias e Produtos Novos que se realiza anualmente em Nuremberga, na Alemanha.


Opinião

Ao saber da marcação da data das eleições para 23 de Agosto de 2017, lembrei-me de uma situação ocorrida nas últimas eleições. Próximo a um dos locais de voto, estava uma senhora a vender quitutes (magoga, jinguba torrada, bombó frito e assado, banana pão assada, kitaba, micate, pilinha, pipoca, kissangua, sumo de mukua, gasosa e água), o dia todo.


Opinião

"O poder da palavra contra a palavra do poder ilícito é a arma dos justos", disse Adriano Moreira. Quem tenha sofrido os horrores das injustiças percebe, perfeitamente, o alcance desta citação. Mesmo tendo sido ela dita por quem a disse.




Primeira Página